ganhe dinheiro rapido e facil cadastre se e saiba mais

Bem Vindos

Sejam Bem vindos ao Legionario do rock fiquem a vontade para baixar seus arquivos e fazer seus pedidos , ajude nosso blog a continuar clicando em nossas propagandas e cadastrando seus celulares quando fizerem os downloaads um super abraço

domingo, 19 de dezembro de 2010

The Cure Boys Dont Cry




A década de 80 é sem dúvida a mais controversa da história do rock. Nesses dez anos o mundo viu grandes nomes surgirem como ícones incontestáveis e também testemunhou fiascos e decepções, como aquele rock farofa que não parava de lançar discos com suas bandas toscas tocando um hard-rockvisivelmente comercial. Os anos 80 deixaram diversas heranças, benditas e malditas e claro, fãs por todo mundo das diversas vertentes que afloraram dos galhos do rock. O Cure é incontestável boa influência dessa conturbada época. Com seu pós-punk com pés fincados em uma carregada capa gótica, cheia de adornos da new wave, a banda formada em 1976 em Crawley,Inglaterra, até hoje embala pistas de dança por todo mundo. Quem pode dizer que nunca dançou com alguém que cantava frenéticamente alguma canção deles? A pessoa pode até não freqüentar a cena rock, pode ir eventualmente curtir uma noite rock, mas tenha certeza que ela sabe cantar algo do Cure. E é nesse incrível estigma que o grupo continua pulsando, vivo, na lembrança de muita gente, e não deixa de continuar a construção de fatos do presente que se tornarão lembranças no futuro. E foi exatamente no primeiro mês da década de 80, que o disco Boys Don't Cry foi lançado. Ali estava o prenúncio do que viria pela frente. O punk não iria durar muito tempo, mas a mistura de alguns elementos dele com a música eletrônica oriundos de bandas como o Kraftwerk, originariam a marca musical da década. Mas o Cure não embarcou nessa, sendo um dos pioneiros de maior sucesso do chamado guitar rock, que rivalizava com a tendência eletrônica da época. E nessa levada "rock natural", o Cure, sob a voz inconfundível e cheia de sotaque inglês de Robert Smith, finalmente se consagrava com um trabalho sólido, bem arranjado, e recheado de grandes hits, que até hoje são tidos como hinos do rock.

*Sugestão de Vanessa

As faixas em vermelho são as recomendações do RockTown!
Downloads.

Set List

1- Boys Don't Cry
2- Plastic Passion
3- 10:15 Saturday Night
4- Accuracy
5- So What
6- Jumping Someone Else's Train
7- Subway Song
8- Killing an Arab
9- Fire in Cairo

10- Another Day
11- Grinding Halt
12- Three Imaginary Boys

Baixar o disco!

BUSCA!
Agora o blog conta com uma busca específica no menu ao lado. Procure discos e bandas/artistas em nossa busca! Serão listados todos os posts onde o nome procurado foi citado.

2 comentários:

Cicero Pereira disse...

trabalhei por mais de 15 anos em rádio . E Até Hoje acompanho ás Músicas Mais Executadas assim como so cantores que estão no auge.
Seu Blog é Bem Descritivo e Muito Bem Ilustrado .
Parabéns , seu Trabalho é Ótimo.

Cícero Pereira / Pesquisa Científica para Polícias.

LegionariodoRock disse...

obrigado cicera pelos elogios sao pessoas como voce que nos faz continuar esse nosso trabalho obrigado e força sempre

Novo Parceiro

Novo Parceiro
o melhor canal de filmes on line

propagandas de cd da legiao

Tv ON line chaves e chapolin

Pesquisar este blog

Carregando...

Followers